É melhor nem lerem este :)

É tarde e apetece-me desabafar, estou realmente aborrecida e com o sangue a ferver quando oiço tamanha presunção nas palavras de alguns.

Pk é que têm a mania de se armar em paternalistas??

Dar conselhos?

“Vai à luta”,  à luta do quê?

Sabem lá se  estou com disposição para lutar por alguma coisa???

Tou irritadissima!!!

 

Bolas, que ninguém me dá uma palmada nas costas…

 

PRECISO DE UMA PALMADA NAS COSTAS!!!!

 

Uns dias sinto-me com se eu fosse o muro das lamentações, onde já mecanicamente tento ajudar quem pela minha palavra procura, noutro sinto-me como se fosse o burrinho sozinho perdido na floresta escura a quem todos axam que têm de dar a mão ao mesmo tempo que dão um raspanete …

 

Não confio nos instintos dos outros mas esse meu instinto é demasiado cruel para o viver pelas minhas palavras, por isso espero, talvez seja a minha cobardia a minha raiva que perturba o meu discernimento.

Se penso se sou capaz pergunto-me se estou a ir bem… hesito em minutos, nem sempre ouço uma resposta.

São meus fantasmas…

Posso tê-los????

Num mundo onde o acabar tem sempre uma razão mais forte, é natural que nos sintamos por vezes perdidos, estar perdido tb pode ser uma forma de nos conhecermos ou conhecermos até onde podemos ir…

Preciso disso embora seja demasiado impaciente.

 

 

Agora… só queria deitar-me e adormecer num sono sereno e profundo como se de uma terapia se tratasse.

Queria acordar amanhã revitalizada, com a pele fresca e o halito já agora…rs

Desculpem este mau feitio…

Talvez seja melhor nem lerem este texto, não quero contagiar a má disposição!

 

Boa noite…

 

(ohhh… tou a ver que tb axei o meu muro das lamentações)

 

Hera sonhando com a ilha do sumiço 

 

  " só quero …. sei lá"

3 pensamentos sobre “É melhor nem lerem este :)

  1. Não podemos exigir aos outros o que não conseguimos para nós.Não é aos amigos que devemos pedir… UMA PALMADA NAS COSTAS! Não acreditas?Devíamos pedir essa palmada que tanto mereces, ao desconhecido.Falo-te disto porque vem sendo um hábito quando nos sentimos “down” eu que sou um profissional dessas coisas sem nenhuma arrogância, que a nossa “raiva” seja descarregada em quem mais gostamos.Nós somos assim, só queremos descarregar nos que conhecemos e nunca… (lógico).Acredito na citação: Para dominar um homem, faça com que ele tenha medo. Apesar de gostar mais: Para agarrares um homem, só tens uma maneira de o fazer, dá-lhe um abraço.Achei o teu texto algo sentindo. Acredito que todos nós temos dias bons e dias maus. Mas acho uma coisa que constatei com o tempo, engraçada.Só alguns nos podem dizer seja o que for, outros existem que gostam de nós, mas as suas palavras são vãs nada nos dizem. Os que são autorizados são os que gostamos (sejam eles quem forem), os que devem viver no silêncio (a nosso ver), são aqueles que nada nos dizem.Achas alguma lógica no que te digo? Vivo do azul do céu e não da tempestade. Sei que vivo de coisas simples mas que muitas vezes até eu as confundo. Será que eu estou confundido?Permite-me, primeiro chamar-te de amiga, e depois citar:… “Ela dormiu. E escutou o que precisava de escutar, entendeu o que era necessário entender.”… (pag: 146):)Nota: Não te zanues comigo, escreve mais…🙂 Tento perceber-te sem qualquer fundamento. Quem sou eu para te julgar, se nada sei nem sei quem tu és?SouBuéDaFeio

  2. oi Kelida…sabes que escrever (e tu até sabes "espremer" o que pensas), alivia a alma e a mente ?????até serve de palmada nas costas e dada pela pessoa mais indicada… TU mesma.jitosCuri

  3. Epá li ali natural, é comigo??? ehehehehJá tenho as minhas botas de caminhar todas arranhadas, mato, silvas,pedras, estragam-me as botas mas refrescam-me o espírito :-)) nada como entrar na natureza e deixar tudo para trás é o que tenho feito e tem dado jeito, recantos que são encantos tenho visto, árvores gigantescas que vivem juntamente com outras milhares de plantas e se olhar para cima sempre posso descobrir de onde vem o canto dos pássaros , escutar a água que corre entre pedras, onde as plantas matam a sede e o peixe que me apetece pegar mas só fico a olhar e se tenho calor tb me posso refrescar e ali beber porque na montanha o medo não existe, tudo ficou para trásE mais não digo mas, se quiseres saber umas botas terás de arranhar que um pouco de graxa vais disfarçar :-))mas o espírito renovar!Beijocas grandes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s