Ambivalência de carácter…

Ambivalência de carácter

 

 

Flutuo no meu mundo com o meu pensamento e sinto-me feliz pk não invejo nada, a vida é uma busca incessante de algo que não se tem, se formos humildes e contidos, somos felizes..pois temos tudo o que precisamos. Ás vezes sinto-me assim….sério!

 . . .

– NAOOOOOOOOOO…..

( Diziam-me já uma série de pessoas)

– Tem que se lutar, lutar por algo melhor, lutar por uma vida melhor…não podemos estar parados!!

– Mas porra, mas para quê lutar se me sinto satisfeita???

– Satisfeita??? Não podemos parar!!!Parar é morrer.

– Sim, concordo…mas eu não estou parada, eu trabalho, passeio, namoro, divirto-me, festejo…eu estou viva. E vivo…

– Mas nada…MEXE-TE!!!

– Mas que coisa……Estarei errada?

-Sim, temos de passar a vida a correr, para ganhar mais dinheiro, mais status, mais tralha para encher a casa para mostrar que se tem.. que se conseguiu.

– Báhhhh….Manias!!! E o que se perde ao conquistar isso?

 . . .

Não devemos condenar.

Uma conquista para nós pode ser tempo perdido para outros.

Realmente quando se perde o que se teve..é que se dá valor, e esta frase aplica-se a tudo.

Há que ter calo e sabedoria para saber aproveitar os bons momentos e esticá-los até durar.

 

Estamos no Natal e lembro-me de como é bom estar com uma familia grande ao redor de uma mesa, os mais novos comem primeiro pk não cabem todos…depois sentam-se os mais velhos com conversas cumplices e alguma brincadeira…

Senti uma gota de saudade de um momento que, pelo menos esse sei que não voltará.

( bóra jogar ao LOTO com feijões?)

 

Mas as pessoas são complicadas, estamos fartinhos de andar por aqui a deambular e tentar conquistar coisas…depois de as termos já não é bem assim que as queremos…

Vidas trocadas, ama-se quem não se deve, vive-se com quem se tolera, ou já se faz um esforço para se tolerar.

Ahhh…o amor, a fonte simultanea dos sorrisos e choros, todos queremos amar, amar forte, amar desejo, amar longo… não amar muito, mas ser muito amado.

BOLAS… é mesmo complicado!

O Romance… a paixão, o flirt, ( talvez este seja mais simples),  isso era ideal ser duradouro…mas não acontece, rs!

Passas uns meses naquele “renhónhó” de sentidos e sentimentos e depois, pronto..já se volta a discutir por tudo…Rs!

Então o ideal seria, viver com alguém que se gosta e simultaniamente namorar com alguém que se apaixona, estar de bem com o mundo e ter folego para correr muito, ( sim, correr muito pk nesta vida não podemos parar).

 

Pois…traição.

Não sorriam muito..podem ser apanhados.

 

Só quem não se divorcia nos dias de hoje é quem tem o estomago forte para suportar duas vidas, porque todos chegamos a uma fase em que ansiamos por algo diferente e então mergulham de cabeça quando surge alguma situação que nos faz sentir vivos, é aquela sensação..” RED BULL DÁ-TE ASAS…”

É o escape…

Nem connosco já conseguimos viver em harmonia estamos sempre á procurar de mais experiencias, pk a vida até é curta…

Enfim…

Depois da satisfação da vida da magia do Natal do amor do romance, passei para a  traição…mas que raio, não paro sossegada?

Afinal tb estou a correr…pelo menos a minha mente corre, viaja…veste-se de outras peles…sonha!

Sim, tb sonho…

E…Vocês meus amiguinhos que me respondem ao POST, agradeço…tb não escondem o que sentem, por isso somos amigos, somos humanos, somos semelhantes.Não sei se me faço entender nestas frases soltas e pensamentos coxos, mas é a forma de espirito em que me apresento na altura…passados 5 min volto ao normal. Garanto-vos. Rss

 

Beijo da “Verdita”

 

 

ihihiihih….é lindo este cão!

 

 

5 pensamentos sobre “Ambivalência de carácter…

  1. ehehehehFaz como eu… aprendi rapidamente o trabalho dos alentejanos :)Não luto, não gosto de trabalhar, por isso faço muitas greves (o patrão não merece melhor) e sou fantasticamente feliz à minha maneira. Nada se procura, tudo se encontra. A velocidade Dele, nunca é a nossa.Gostei de te ler hoje, mais do que noutro dia qq… Foste mais acutilante, mais precisa… assim penso, não mais minha mas, senti-te, mais tu.Fico fantasticamente satisfeito. :)"Moral do sucesso"Há pessoas de sucesso que não têm valor.Há pessoas de valor que não têm sucesso.Tudo de bom para ti e todos os teus.SouBuéDaFeio

  2. Diz um lugar comum que "vivendo e aprendendo…" Penso que o mais importante seja aprender para viver. Às vezes, cometemos actos falhas, não por maldade ou intencionalmente e, sim, por completa falta de conhecimento. Mas acabamos ferindo pessoas que nos são caras ao coração e à vida… pessoas essas únicas, indivisíveis, completas ! A vida é um eterno quão longo aprendizado. Aprendemos pequenas coisas que nos tornam grandes, mas esquecemos, às vezes, de aprender grandes coisas que podem nos tornar pequenos. O mais importante, contudo, é estarmos dispostos ao constante aprendizado para que, desta forma, com e através dele possamos, não deixar de errar, pois isso seria utopia, mas, ao menos, nos aprimorar naquilo que temos de mais precioso: Crescimento interior. Mas para que ele se dê é necessário aprender para viver…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s